A crise causada pela pandemia do coronavírus e as alterações na dinâmica do funcionamento do trabalho e dos mercados estão trazendo perdas e desconfortos para as empresas, mas podem também embutir interessantes lições e aperfeiçoamentos para o futuro das empresas.

Com relação aos canais de entrega de produtos e serviços:

  1. Prestadores de serviço que não faziam atendimento remoto por resistência dos clientes conseguirão demonstrar que seu padrão de atendimento continua bom e que faz sentido consumir esses serviços sem o ônus do deslocamento.
  2. Empresas estabelecerão seu atendimento por delivery ou por entrega e constatarão que o bom funcionamento e gestão desta modalidade de atendimento fará sentido para alcançar clientes que não alcançariam antes.

Com relação à gestão de equipes:

  1. As empresas e gestores também lidarão com o teletrabalho com mais naturalidade e menos resistência, aprendendo a fazer funcionar melhor e constatando que pode dar certo.
  2. Isso tornará o funcionamento das empresas mais eficiente por dois motivos principais: (a) o aprofundamento de uma gestão com foco em resultados, com equipes funcionando melhor com negociações e definições de entregas e gestores com mais capacidade de priorização e mais focados em resultados; (b) a redução dos seus custos fixos com deslocamento de empregados e com estrutura física.

Com relação à comunicação:

  1. A comunicação com o cliente se utilizará de modo mais intensivo nas redes sociais e várias empresas e empreendedores irão intensificar sua presença, inclusive vendo lives como alternativa para palestras e eventos. Isso também irá subir o nível dos conteúdos veiculados na internet, já que haverá maior disputa pela atenção das pessoas.
  2. A consciência de que as empresas têm um papel social na geração de conteúdo fortalecerá a busca e o investimento real em marketing de causa, aproximando marcas e clientes.

Com relação ao desenvolvimento de novos produtos e serviços:

  1. Produtos e serviços serão criados ou adaptados para esta nova realidade e boa parte pode encontrar nichos de mercado e conveniência, com os clientes aprendendo a consumir de forma diferente, reduzindo sua resistência a formas alternativas.
  2. Novas parcerias de negócio serão aprofundadas e estabelecidas, gerando oportunidades de entregas criativas e articuladas entre empresas e prestadores de serviço.

O clima de incerteza e abatimento é natural neste momento, mas mantendo o foco poderemos colher alguns bons frutos para minimizar os danos sofridos por conta da pandemia do Covid-19.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *