O que esperar para 2022

,

A revista The Economist rotineiramente traz sua visão sobre as dez tendências globais para o ano que segue. Neste ano ela também trouxe 22 tecnologias que devem despontar e ganhar escala em 2022. Este artigo traz uma visão adaptada dessas tendências e cenários, com foco nas questões mais relevantes para as pequenas e médias empresas brasileiras.

 

3 das 10 tendências globais em destaque

A pandemia se tornará endemia com o desenvolvimento de medicamentos e vacinas. O covid-19 não deverá mais ameaçar a vida dos vacinados. Infelizmente, se não houver uma força-tarefa na distribuição de vacinas, o coronavírus poderá se tornar mais uma das doenças que só atingem os países e pessoas pobres, mas não os ricos, tais como a malária, leishmaniose e tuberculose.

As pressões inflacionárias se espalharão pelo mundo por conta da falta de insumos e aumento dos preços de combustíveis e energia. Fora do Brasil ainda há a pressão por salários mais altos, gerada pela alta demanda por mão de obra e baixos níveis de desemprego. Os bancos centrais no mundo estão priorizando metas de desemprego mais baixas em vez de um controle mais rígido sobre a inflação.

O futuro do trabalho se consolidará de forma híbrida e as pessoas trabalharão mais de casa. Mas os detalhes de como isso será implantado nas organizações variam. Quantos dias, quais dias? Quais as diferenças dessa realidade para mulheres e homens? Como isso se refletirá nas oportunidades de ascensão na empresa?

 

Desafios climáticos

Sobre as tecnologias relativas ao clima, em Harvard, estão testando a geoengenharia solar, que é a dispersão de partículas na estratosfera de modo a reduzir a incidência de raios solares e baixar a temperatura do planeta. Essa tecnologia foi o pano de fundo da série O Expresso do Amanhã (onde deu muito errado). Ainda com relação aos desafios climáticos, startups estão desenvolvendo meios para captura direta de CO2 no ar.

 

Logística

No campo da logística, teremos navios de contêineres com o uso de velas (ou aparatos com função de vela e que potencializam os ventos de alguma forma), podendo reduzir o consumo de combustível em até 20%. Com o aumento da capacidade de computação e de simulações matemáticas, uma nova etapa na aviação supersônica está sendo trilhada. Em 2022, um avião supersônico da Nasa fará seu primeiro voo experimental, com a expectativa de gerar apenas um oitavo do ruído do Concorde. Ainda no campo da logística, deve se intensificar o uso de drones para delivery.

 

Saúde

Na saúde, as sleep techs também vêm ganhando espaço com equipamentos que acompanham a qualidade do sono, que emitem sons tranquilizadores, reguladores de temperatura de lençóis e colchas e smart alarms que despertam no momento ideal. Nesse ano a Amazon deve lançar um equipamento que acompanha a qualidade do sono. Os wearables devem avançar ainda mais em 2022. Espera-se que a nova geração do Apple Watch mensure níveis de glicose e álcool no sangue, pressão arterial e temperatura corporal. Pode haver desafios e entraves regulatórios, mas a tecnologia já está aí. Os programas de exercício em realidade virtual poderão tirar muitas pessoas do sedentarismo (e também das academias e boxes).

A nutrição personalizada de acordo com o metabolismo individual está mais próxima de ganhar escala a partir de aplicativos que usam algoritmos de aprendizado de máquina, testes específicos de sangue e da microbiota intestinal e dados cada vez mais precisos em tempo real sobre o indivíduo, tais como prática e desempenho nos exercícios e níveis de glicose no sangue. As carnes e peixes artificiais estão tendo seus custos cada vez mais reduzidos. Já se tem (aguardando regulação) até o peixe mais caro do mundo, o atum bluefin, por US$ 440 o quilo (se aproximando do preço do natural).

O sucesso das vacinas contra o covid-19 baseadas na tecnologia de RNA mensageiro produziu perspectivas animadoras para a produção de vacinas contra o HIV e a malária. Implantes de ossos em impressoras 3D também serão oferecidos por duas startups em 2022. Interfaces cerebrais já tiveram seus testes aprovados. Essa tecnologia poderá fazer com que pessoas com paralisia operem computadores e pode ser expandida para diagnosticar tratar condições como epilepsia, depressão e hipertensão.

 

Construção civil

Casas impressas em 3D começarão a fazer parte da realidade. Em 2022, a empresa Mighty Buildings entregará 15 casas produzidas totalmente com tecnologia de impressão 3D em Rancho Mirage, na Califórnia. A ICON pretende iniciar o desenvolvimento de 100 casas produzidas por impressoras 3D numa comunidade eco-friendly, perto de Austin, no Texas.

 

Metaverso e mídias sociais

O metaverso, conceito desenvolvido em 1992 ganha mais visibilidade quase 30 anos depois com a decisão de reposicionamento do Facebook. É uma fusão de videogames, relacionamento social e entretenimento, criando experiências imersivas. Influenciadores virtuais fecham as tendências. São personagens gerados por computador que participam das redes sociais. A mais famosa é uma brasileira: Miquela Sousa (@lilmiquela).

 

E o Brasil?

O ex-Ministro da Fazenda e sócio da Tendências Consultoria, Maílson da Nóbrega participou de um episódio recente do podcast da Delta, o GestãoCast. Confira aqui as perspectivas para o Brasil em 2022.

 

E a sua empresa?

Várias dessas tecnologias não estarão disponíveis para as nossas empresas em 2022, mas essa é, de certa forma, até uma vantagem para quem não opera nos mercados globais mais competitivos. Podemos observar janelas do futuro para posicionarmos nossos negócios de forma mais favorável localmente. Destaque as tendências que mais se conectam com seu negócio e aprofunde seu foco nelas. Acompanhe em mais detalhe o desenrolar do futuro e planeje o desenvolvimento das competências necessárias para chegar no futuro entre os primeiros.

CONHEÇA AQUI O GUIA DEFINITIVO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA DELTA.

 

2 respostas
  1. Alberto Lopes
    Alberto Lopes says:

    Esse texto me fez sentir um misto de sensações, fiquei um pouco intrigado, surpreso, assustado até, porém, sobretudo entusiasmado para ajudar a planejar o futuro da nossa empresa.
    Excelente texto Fernando, parabéns!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *