O uso inadequado de indicadores pode gerar frustrações diversas, como falta de promoção das mudanças e resultados pretendidos, competitividade destrutiva nas equipes, angústia nos profissionais e um sentimento de excesso de trabalho burocrático na produção de números que têm pouca ou nenhuma serventia. Talvez por serem ferramentas consolidadas no meio empresarial, a sensação é que muitos gestores e empresários sabem como definir e usar indicadores gerenciais. Na prática, isso pode ser muito desafiador, pois para serem ferramentas de gestão efetivas, é importante que os indicadores tenham boa capacidade de retratar a realidade organizacional, os resultados e padrões de qualidade desejados…

Este conteúdo é exclusivo para usuários cadastrados no site da Delta Consulting!

Não tem cadastro? Clique aqui e faça o seu.