Posts

como-fazer-uma-boa-reuniao

A realização de reuniões é uma das melhores formas de otimizar o tempo de equipes, de produzir coordenação e alinhamento nas iniciativas, de gerar boas ideias para resolver problemas e de produzir decisões coerentes e com alto potencial de sucesso. A questão é que muitos gestores não sabem como fazer uma boa reunião ou não […]

escritório, home office, produtividade, equipe, motivação

Um dos temas mais debatidos sobre os efeitos do pós-pandemia é o futuro dos escritórios e a expansão do home office. Mas será que a tendência é que os escritórios se acabem? Essa resposta depende da resposta a outra pergunta: para que serve o escritório? Escritórios não são lugares de trabalho. São lugares de encontro. […]

agenda timeboxing tarefas produtividade

Uma das dores mais comuns de empresários e gestores é que falta tempo para tudo aquilo que precisa ser feito. E falta mesmo. Querer mudar isto é querer mudar a realidade. O que precisa mudar é a forma como lidamos com esta pressão e com a qual organizamos nosso tempo. Neste sentido, o timeboxing é […]

A delegação de atividades é uma das mais importantes dos gestores, pois é por meio dela que se multiplica o tempo e se potencializam os resultados produzidos pela equipe. Quando feita de modo correto, possibilita a coordenação do trabalho na organização e o desenvolvimento dos profissionais. Todavia, se conduzida inadequadamente, pode gerar perda de tempo e frustração para quem delegou e para quem recebeu a atividade delegada.

As mudanças bruscas que várias empresas precisaram adotar para o teletrabalho num contexto de crise e incertezas podem gerar inseguranças e ansiedade na equipe: seja pela distância dos colegas e pelas nossas necessidades de convívio coletivo, pelo momento econômico e pelo medo de perder o emprego ou mesmo por não estar sabendo como lidar com este momento.

Nossas formas não sistêmicas de pensar nos levam constantemente a priorizar e executar mudanças de baixos resultados: não vemos as estruturas subjacentes às nossas ações e reagimos aos sintomas, onde o estresse e a dor são maiores.

Todos nós temos uma tendência a adiar, mesmo os mais disciplinados, em algum momento, caem nesta armadilha. A luta contra os impulsos e distrações é diária e depende de muita motivação.

Quantas vezes você deixou algo importante, mas não urgente para depois? Algumas vezes conseguimos contornar a situação a tempo, mas em outras nós fabricamos urgências, perdemos oportunidades, ou ainda, geramos perdas irreversíveis.